PMDB e PT planejam acareação para desmascarar traidores da oposição

Peemedebistas e petistas mais radicais planejam promover uma acareação hoje na reunião da bancada de oposição para desmascarar os traidores que retiraram as assinaturas das CPIS apresentadas na Assembleia Legisaltiva e que foram arquivadas por falta de apoio de 14 deputados.

Com isso, os parlamentares querem promover a execração dos Judas em público para constranger os deputados que mudaram de lado e impedir futuras deserções. A estretágia foi arquitetada pela deputada Iris Araújo, que está inconformada com o comportamento de certos deputados, que ela faz questão de nominar em rodas reservadas, não poupando pesados adjetivos para qualificá-los.

Os deputados que estão na mira do grupo dos raivosos são Humberto Aidar (PT), Luiz Carlos do Carmo (PMDB) e Paulo Cezar Martins (PMDB), Ney Nogueira (PP), Simeyzon Silveira (PCS), Isaura Lemos (PCdoB)