Ao anunciar bilhete único, Paulo Garcia colocou a crise do transporte no colo e mostrou que ele não quis reduzir tarifa

Mais uma trapalhada do prefeito Paulo Garcia.

Primeiro, ele não enfrentou a crise gerada pelo aumento da passagem de ônibus em Goiânia, fugiu do problema e quis vender a imagem que ele não era responsável pelo transporte coletivo urbano em Goiânia.

Agora, Paulo derrapou novamente ao anunciar o bilhete único.

Ele, numa tacada só, colocou o problema no colo e deixou claro que não baixou a tarifa porque não quis ou não conseguiu vencer a pressão dos empresários do setor.

Moral da história: em vez de fazer média com a população, Paulo saiu ainda mais desgastado do episódio.

 

LEIA MAIS:

Ulisses Aesse: Paulo Garcia não quis baixar preço da tarifa de ônibus em Goiânia

Pelo Face de O Popular, internautas dizem que bilhete único de Paulo Garcia “é mais uma embromação”

Fio Direto: Paulo Garcia já está sendo comparado com ex-governador Alcides Rodrigues

Para não responder sobre aumento da passagem, Paulo Garcia some do twitter

O Popular confirma que “bilhete único” de Paulo Garcia é jogada dos donos de empresas de ônibus

Sitpass não dará direito aos três trajetos em duas horas anunciados por Paulo Garcia

Deboche: Paulo Garcia anuncia bilhete que já existe como “resposta” para crise do transporte coletivo

Solução de Paulo Garcia para crise do transporte coletivo é “esperta” e só ajuda as empresas

Outra do Jorge Braga sobre Paulo Garcia. Só faltou dizer: o pior cego é o que não quer ver