Editorial equivocado do POP ignora matéria que saiu na mesma edição sobre o tal Ganha Tempo

Em editorial, o jornal O Popular elogia neste sábado o anunciado Ganha Tempo, que a Prefeitura de Goiânia assumiu, mas o próprio jornal, em reportagem, revela que foi criado pelos empresários de transporte coletivo para tentar evitar que o preço da tarifa seja reduzido dos atuais R$ 3.

O Popular diz que “a medida é bem vinda” e que representa “um primeiro passo em busca de melhorar a qualidade do serviço de transporte coletivo na região metropolitana”.

Que piada. Melhor assistir às reportagens da TV Anhanguera, essas sim, mostrando a profunda indignação da população com o preço da tarifa e a qualidade do serviço – e, de resto, desmascarando as manobras das empresas e a omissão do prefeito Paulo Garcia.

O redator que escreveu o editorial do POP dormiu no ponto. Não tinha conhecimento da matéria do repórter Vandré Abreu, na página 4, onde ele diz que o Setransp – o sindicato das empresas – dispõe de pesquisas mostrando que apenas 8% da população tem o costume de fazer duas viagens no período de duas horas e meia. Quando se trata de três viagens, a suposta vantagem oferecida pelo programa Ganha Tempo, esse índice cai para 0,1%.

“Primeiro passo em busca de melhorar a qualidade do serviço de transporte coletivo”?

Um plano elaborado pelas empresas, assumido como seu pelo prefeito Paulo Garcia e, pior, beneficiando apenas 0,1% dos usuários?

E mais: um plano ostensivamente criado pelas empresas, conforme diz a matéria de Vandré Abreu na página 4. E elas nem se preocuparam em disfarçar a sua verdadeira finalidade, que é garantir que o preço da tarifa seja mantido em R$ 3 reas. Está lá na reportagem, também.

Isso é brincadeira.

 

LEIA MAIS:

Na TV, Paulo Garcia defende reajuste da tarifa de ônibus em Goiânia. Veja entrevista

Ganha Tempo, jogada das empresas que Paulo Garcia assumiu, foi criado para tentar manter a tarifa em R$ 3

Ao anunciar bilhete único, Paulo Garcia colocou a crise do transporte no colo e mostrou que ele não quis reduzir tarifa

Ulisses Aesse: Paulo Garcia não quis baixar preço da tarifa de ônibus em Goiânia

Pelo Face de O Popular, internautas dizem que bilhete único de Paulo Garcia “é mais uma embromação”

Fio Direto: Paulo Garcia já está sendo comparado com ex-governador Alcides Rodrigues

Para não responder sobre aumento da passagem, Paulo Garcia some do twitter

O Popular confirma que “bilhete único” de Paulo Garcia é jogada dos donos de empresas de ônibus

Sitpass não dará direito aos três trajetos em duas horas anunciados por Paulo Garcia

Deboche: Paulo Garcia anuncia bilhete que já existe como “resposta” para crise do transporte coletivo

Solução de Paulo Garcia para crise do transporte coletivo é “esperta” e só ajuda as empresas