CPI arquiva tentativa da oposição de fazer jogo de cena contra governador Marconi

Fracassou a tentativa dos deputados Daniel Vilela (PMDB) e Mauro Rubem (PT) de usar a CPI da Delta na Assembleia para atacar o governador Marconi Perillo. O voto em separado da oposição é rejeitado na CPI. Por três votos a dois, foi rejeitado o voto em separado apresentado pelos oposicionistas Daniel Vilela (PMDB) e Mauro Rubem (PT) ao relatório final da CPI, produzido pelo deputado Talles Barreto (PTB).

Daniel e Mauro Rubem ajudaram a CPI a não investigar as Prefeituras administradas pelo PMDB e PT que fizeram negócios com a Delta, como as comandadas por Maguito Vilela (pai de Daniel), Paulo Garcia, Antônio Gomide, Velomar e outras.