“Apoio incondicional a Bolsonaro faz Caiado correr risco de ser engolido pela crise nacional”, alerta o site Poder Goiás

Mergulhado em sua própria crise, o governo Ronaldo Caiado (DEM) pode ser arrastado para um buraco político-administrativo ainda mais profundo como efeito do apoio incondicional do demista ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), afirma análise do site Poder Goiás.

“Ao vencer a eleição em primeiro turno, Caiado (…) decidiu mergulhar na campanha de Jair Bolsonaro no segundo. Com ajuda de Wilder Morais (DEM), Caiado abriu comitê e realizou comícios, carreatas e caminhadas para o candidato do PSL em Goiás. Terminada a disputa, o governador eleito declarou apoio incondicional à gestão Bolsonaro e exigiu participação do DEM na gestão do futuro presidente”, afirma o site.

Segundo o Poder 360, Caiado tem uma “fé cega” em Bolsonaro. “Parlamentar por quase 30 anos antes de tornar-se governador, Ronaldo Caiado parece não se preocupar com a conjuntura em que está envolvido, sobretudo com o aprofundamento da crise que se abate sobre Bolsonaro. Segue apoiando-o, reunindo-se com ministros e despachando em Brasília imune a qualquer agenda negativa”, afirma o texto, assinado pelo jornalista Eduardo Horacio.