Jackson Abrão critica silêncio de Paulo Garcia sobre decisão judicial que suspendeu aumento

Em seu rápido comentário no Bom Dia Goiás, da TV Anhanguera, nesta terça-feira, o jornalista Jackson Abrão condenou o silêncio da Prefeitura de Goiânia sobre a decisão judicial que suspendeu o aumento da tarifa de ônibus.

Jackson lembrou que a TV Anhanguera veiculou opiniões de economistas e especialistas mostrando que o aumento foi abusivo, por exemplo, por não levar em conta o corte dos impostos federais para as empresas de ônibus.

Ele também sugeriu que a Prefeitura deveria acompanhar o exemplo de muitas outras capitais e grandes cidades, onde houve redução do preço da passagem.

O blog 24 Horas transcreveu o comentário de Jackson Abrão.

Leia:

Na sua simplicidade e sinceridade, o cidadão que se utiliza do transporte coletivo mostra como é importante todo o centavo a menos ou a mais no preço da passagem. A volta da tarifa para R$ 2,70, determinada pela Justiça, ainda não está valendo.

Mas trouxe de volta a certeza de que valeram a reclamação e protesto que começaram antes mesmo do anúncio do preço do novo bilhete para R$ 3.

As manifestações que nós mostramos aqui também ocorreram em várias outras capitais e agora também em são Paulo e no Rio de Janeiro. Alguns excessos e atos de vandalismo aconteceram e são repudiados por todos. Mas é preciso ressaltar a legitimidade da reação popular contra o aumento abusivo.

A Prefeitura de Goiânia guarda silêncio e não comenta a decisão da Justiça que mandou voltar a tarifa ao preço de R$ 2,70.

A decisão judicial, como nós mostramos aqui, com exemplos de economistas e especialistas, sustenta que o aumento foi abusivo e não levou em conta o corte dos impostos federais em muitas cidades e capitais.

Houve redução no preço da passagem em muitas capitais, um exemplo que Goiânia poderia e deveria seguir.

 

LEIA MAIS:

JA: Repórter Prateado testa o Ganha Tempo de Paulo Garcia e conclui: “Não adianta nada”

Na TV Anhanguera, povo chama Ganha Tempo de ilusão, enganação e maquiagem

TV Anhanguera desmascara os cálculos e comprova que empresas colocam a tarifa que querem

Em São Paulo, Haddad anuncia que vai pedir ajuda a Dilma para baixar tarifa de ônibus. Em Goiânia, Paulo Garcia nem se mexe

Grande São Paulo: 6 cidades já reduziram as tarifas de ônibus por conta da desoneração fiscal