Internauta defende processos contra perfis que caluniam tuiteiros e autoridades

Considerada a primeira dama do Twitter, Valéria Aquino defendeu em posts no seu perfil no microblog a abertura de processos contra perfis das redes sociais que caluniam autoridades ou tuiteiros.

Ela diz, em tom de brincadeira, que “têm uns perfis que merecem até passar uns dias na cadeia”.

Segundo ela, “acham que podem falar o que querem se medir as consequências”.

Ela dá o próprio testemunho, afirmando que mentiram e a ofenderam demais.

“Querem fazer críticas aos governos e políticos, fazem, mais vamos aos fatos. Sem ofensas pessoais, sem calúnias, sem abusos, com respeito”, afirma.

Valéria Aquino diz que é normal o governador Marconi Perillo usar desses recurso judicial para defender sua honra.

Veja os posts:

 

ValeriaAquino @ValeriaAquino

Esse lance do gov @marconiperillo processar perfis das redes sociais, acho normal. Qualquer um pode processar aquele que ofendeu ou caluniou

E cá entre nós, tem uns perfis que merecem até passar uns dias na cadeia. Acham que podem falar o que querem sem medir as consequências.

Falo por mim, já houve perfis no twitter que por muito pouco não processei. Pois além de mentir, me ofenderam demais.

Querem fazer criticas aos governos e políticos, fazem, mas vamos aos fatos. Sem ofensas pessoais. Sem calunias. Sem abusos. Com respeito.

Já houve um caso daqui de Goiania, que um perfil muito conhecido foi processado por pegar pesado com outro conhecido perfil. Perdeu feio!

Que isso sirva de alerta para aqueles que escrevem nas redes sociais mentiras, calunias e ofensas por falta de respeito ou por não concordar

Principalmente no Twitter, se não concordam com o que escrevemos, alguns perfis reais e fakes, partem p ofensas pesadas. Não sabem debater

 

LEIA MAIS:

Ministro do STF acionou Wikipédia por distorção em seu verbete e pediu investigação à Polícia Federal

Wikipédia se nega a corrigir informações erradas em site e governador recorre à Justiça

Isanulfo, em carta ao POP, esclarece mais uma vez a diferença entre liberdade de expressão e calúnia

Karla Jaime diz que chamar Governo de “corrupto” é apenas crítica. Em que mundo estamos?

Seção de Cartas do POP vira Seção de Desinformação e Agressão. Nenhum outro grande jornal permite isso