Anunciado com uma bomba, discurso de d. Iris tem repercussão zero na mídia e nas redes sociais

Pelo Twitter, a deputada Iris Araújo causou suspense e expectativa ao anunciar que faria um pronunciamento-bomba na Câmara Federal sobre o governo do Estado.

Esperava-se revelações fortes, apresentação de documentos inéditos e informações comprometedoras.

Nada disso.

Na tribuna da Câmara, d. Iris repetiu a ladainha que faz todos os dias nas redes sociais, sem acrescentar nada, nadinha ao seu discurso já manjado.

Nada que já tenha sido explicado ou arquivado, como no caso das denúncias da CPI do Cachoeira em Brasília, da qual a parlamentar peemedebista foi integrante (apagada e omissa, diga-se de passagem)e nada conseguiu provar contra o governador Marconi Perillo.

Pior ainda: d. Iris fez um discurso confuso, mal articulado e fraco do ponto de vista político.

Ao final, acabou jogando pedras na Polícia Federal e no Ministério Público Federal.

A bomba anunciada não se traduziu nem em traque.

 

LEIA MAIS:

Discurso é mais um fiasco e d. Iris põe tropa de choque no Twitter para cobrar apoio de outros deputados federais

Em desespero, d. Iris ataca MP e Polícia Federal e quer colocar instituições para satisfazer seus desejos

Professor e consultor político diz que assistiu discurso de d. Iris e achou “frágil” politicamente e “sem eco”, no ponto de vista eleitoral