Dora Kramer chama Lula de “herói sem princípios” e diz que ele é “amoral”

Em artigo nesta quarta-feira sobre os protestos de rua, publicado em vários grandes jornais brasileiros, inclusive em O Popular, a comentarista de política Dora Kramer, a mais importante da imprensa nacional, bate pesado no ex-presidente Lula.

Ela chama o líder petista de “herói sem princípios” e diz que ele é responsável pelo rebaixamento do nível da política brasileira, ao “incorporar a amoralidade como regra cotidiana”.

Dora Kramer atribui ao desencanto da população com a política, a partir do mau exemplo de Lula, a origem dos protestos de rua que tomam conta do país.

Veja o trecho do artigo de Dora Kramer que é cruel com o ex-presidente Lula:

“Lula, que representava a esperança, que foi uma referência, acabou encarnando o personagem do herói sem princípios que a todos vence mediante o uso de quaisquer meios.

“O ex-presidente não inventou a falta de ética na política, mas ao pretender construir uma unanimidade a poder de cooptação de partidos, entidades e movimentos, aprofundou os velhos vícios. Deu aval ao que havia de mais retrógrado, liderou um processo de rebaixamento dos padrões a níveis nunca vistos, incorporou a amoralidade como regra cotidiana”.