Camara de Catalão começa a apreciar contas de Adib. Se não alcançar 12 votos, vira ficha suja

Os 17 vereadores da Câmara Municipal de Catalão começaram a examinar nesta semana as contas do ex-prefeito Adib Elias (PMDB).

Existem balancetes que carregam irregularidades, que foram detectadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios e levaram Adib a devolver cerca de R$ 127 mil reais aos cofres municipais de Catalão.

Para que as contas sejam aprovadas, é necessária uma maioria de dois terços, ou seja, 12 vereadores a favor.

Se esse número não for alcançado, mesmo que haja mais vereadores votando pela aprovação do que contra, os balancetes serão considerados rejeitados e Adib imediatamente enquadrado como ficha suja, legalmente proibido de disputar eleição pelo prazo de oito anos.

Nas avaliações que correm em Catalão, o único político que consegue 12 votos a favor na Câmara Municipal, hoje em dia, seria o prefeito Jardel Sebba.

 

LEIA MAIS:

Contas de Adib Elias vão ser votadas. Se não conseguir 12 votos, fica 8 anos inelegível