Waguinho troca as bolas e diz: “quem deve julgar suspeitos é o Ministério Público”

O secretário municipal de Habitação e deputado estadual licenciado Wagner Siqueira (PMDB) trocou as bolas em entrevista à Rádio 730 na manhã de hoje. Ao comentar a prisão do vereador Paulo Borges (PMDB) no dia 15 de janeiro, quando foi deflagrada a Operação Jeitinho, Wagner Siqueira (PMDB) disse que não emitiria juízo sobre a responsabilidade do colega de partido no escândalo, porque “quem julga são instituições como o Ministério Público”.