De férias, Vanderlan teria dito a Caiado que também não vai perdoar Simeyzon

A crise que se instalou no bloco político que se autodenomina terceira via atrapalhou as férias de Vanderlan Cardoso.

Conforme noticiou o Goiás 24 Horas, Vanderlan estava de férias desde que se proclamou pré-candidato a governador do Estado, contra Marconi Perillo (PSDB) e contra o eixo PMDB-PT.

A notícia de que o deputado estadual Simeyzon Silveira (PSC) desertou do bloco de oposição no episódio das assinaturas para criação de CPIs interrompeu o seu sossego.

Vanderlan recebeu um telefonema de um irado deputado Ronaldo Caiado (DEM), chateadíssimo com o comportamento do jovem parlamentar.

Caiado quer a expulsão de Simeyzon não só do bloco alternativo, mas do PSC. Vanderlan, cauteloso, ainda não sabe se esta é a melhor decisão a tomar.

 Conforme informou o deputado Caiado no Twitter, Vanderlan também disse que está “decepcionado” e que “não vai admitir o comportamento de Simeyzon”.
É esperar pra ver.