Cobertura dos jornais e TVs mostra que fracassou a tentativa de usar a manifestação contra Marconi

Uma avaliação da cobertura dos jornais das principais televisões sobre a manifestação da tarde desta quinta-feira, no Centro de Goiânia, leva à conclusão de que fracassou a tentativa de usar o protesto para atingir politicamente o governador Marconi Perillo.

Como observou o jornalista Euler Belém, do Jornal Opção, ficou evidente que grupos políticos partidários – repudiados pelos manifestantes – levaram material muito bem produzido contra o governador, o que fugiu da espontaneidade dos cartazes naturalmente elaborado pelos próprios manifestantes.

Um grupo de assessores do deputado Mauro Rubem, por exemplo, foi identificado carregando faixas contra o governador, mas sob as vistas desconfiadas da multidão que recusou o contágio partidário e chegou, por exemplo, a atacar um caminhão de som do PCdoB que tentou se apropriar do ato na Praça do Bandeirante.

Nos jornais e nas TVs, praticamente não houve referência à ação contra o governador Marconi Perillo – e nem poderia, já que a manifestação tinha um propósito muito maior e também externou o sentimento popular de insatisfação com a manipulação da política por interesses partidários mesquinhos.

 

(Foto: Rafaela Pessoa)