Bolsonaro copia Caiado e queima capital político para agradar familiares com cargos

O presidente Bolsonaro perdeu o pudor e parece ter gostado da tática do governador Caiado de dar cargos para parentes. Aqui em Goiás, Caiado nomeou dois primos de primeiro grau na antiga Agetop e outra manada de parentes está pendurada no governo estadual. Bolsonaro, sem mais nem menos, decidiu que quer emplacar o filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, como embaixador do Brasil nos Estados Unidos. O clã Bolsonaro e os fãs mais entusiasmados do presidente garantem que não configura nepotismo e acham normal a indicação de um nome sem qualificação para o cargo.