EXCLUSIVO Wilder vai deixar governo Caiado por discordar da adesão ao RRF

O secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais, vai deixar o governo Caiado por discordar da adesão ao Regime de Recuperação Fiscal. Com as restrições impostas pelo programa do governo federal, o e-senador acredita que não haverá mais motivos para permanecer na pasta, já que os incentivos fiscais serão feridos mortalmente. Wilder reclama também do estilo autoritário da secretária de Economia, Cristiane Schmidt, e da falta de espaços políticos e influência na administração caiadista.
A justificativa do empresário para deixar a gestão será preparar a candidatura a prefeito de Goiânia.