TV Anhanguera viaja na maionese e dá show de desinformação sobre a PEC 37

Um jornalista mal informado gera quantos leitores (no caso dos noticiários de TV, telespectadores) desinformados?

É essa a pergunta que o blog 24 Horas sempre faz quando vê um profissional de imprensa falando besteira em vez de esclarecer a sua plateia.

É o caso do repórter John William, da TV Anhanguera.

Em matéria sobre o miniprotesto da manhã deste sábado, no Centro de Goiânia, que reuniu menos de 200 pessoas (o apresentador Marcelo Rosa fez a sua parte e informou corretamente que o protesto foi pequeno), ele disse que a PEC 37, que retira os superpoderes do Ministério Público, “é uma proposta de mudança na Constituição”.

Não é. É uma proposta que não muda nada, apenas faz um acréscimo.

Em seguida, ele desinforma: “O projeto tira os poderes de investigação do Ministério Público” (aqui, está parcialmente correto, mas, como demonstraremos a seguir, não é bem assim).

Explicamos:

A Constituição não dá nenhum poder de investigação ao Ministério Público. Ela não dá explicitamente essa prerrogativa (de investigar), mas tampouco proíbe. É nesse vácuo da legislação que defensores da PEC 37 tentam agora agir, estabelecendo, no seu texto, a exemplo dos países verdadeiramente democráticos, que “a apuração das infrações penais incumbe privativamente às polícias federal e civis dos Estados “.

Isso porque o MP, sendo parte do processo, como acusação, não pode levar vantagem sobre a outra parte, que é a defesa.

John William prossegue sua reportagem ouvindo um manifestante e aí é de doer os ouvidos. O rapaz fala um monte de bobagens, inclusive que a PEC 37 é “inconstitucional”. Não dá pra concluir se é ignorância ou burrice.

Pra finalizar: a matéria de John William ouve dois motoristas, um homem e uma mulher, que passam pelo local e, Kkkkkkkkkkkkkkk, cada um dá uma declaração que não tem nada a ver com o objetivo da manifestação. Um fala que “tem de protestar mesmo” e a outra diz que “é preciso conscientizar as pessoas sobre a utilização dos recursos”.

Ou seja: estavam passando por ali e não entenderam nada.

Nem o repórter John William.

 

 

LEIA MAIS:

MP tenta manipular, mas derrubada da PEC 37 não é uma causa legítima do povo brasileiro

200 pessoas no protesto contra a PEC 37, em Goiânia. 13 mil haviam confirmado presença pelo Facebook

Deu no site Brasil 247: “Contra a PEC 37, mídia manipula opinião pública”

OAB não se intimida e diz que aprovar a PEC 37 é combater a ditadura do Ministério Público

Promotora e promotor publicam artigo chamando defensores da PEC 37 de “oportunistas”. E a OAB, é?