Olhem essa foto da manifestação de quinta: no canto direito, uma faixa profissional contra o governador

Uma imagem vale por mil palavras.

Essa foto, do site G1, mostra com perfeição a tentativa de manipulação que grupos de militantes político-partidários tentaram contra o governador Marconi Perillo na grande manifestação dos 20 mil no Centro de Goiânia, quinta-feira passada.

O editor-chefe do Jornal Opção, Euler Belém, foi o primeiro a notar que só havia faixas e muito bem produzidas contra o governador. Cartazes de cartolina, espontaneamente escritos a mão pelos manifestantes, quase não havia.

Esse detalhe mostra que houve infiltração de grupos patrocinados pelos partidos de oposição ao governador, e eles são fáceis de identificar: dona Iris Araújo (PMDB) e Mauro Rubem (PT), por exemplo, foram pródigos nas redes sociais em afirmar que “a manifestação foi contra Marconi”. O prefeito Paulo Garcia (PT) também insistiu nessa linha.

A jornalista Fabiana Pulcineli, mais parecendo d. Iris, também escreveu em seu artigo das segundas-feiras, em O Popular, que a manifestação foi contra Marconi e que havia “milhares de cartazes” contra o governador.

Tudo puro delírio oposicionista. No caso de Fab Pulcineli, um escorregão incompatível com a necessidade de isenção de uma jornalista profissional.

A manifestação, na verdade, foi contra tudo e contra todos, inclusive a até então intocável grande imprensa, repetindo o que vem acontecendo nacionalmente.

Veja essa foto, leitor do blog 24 Horas. Olha aí a profusão de cartazes de cartolina, toscos, escritos à mão, sobre tudo quanto é assunto, no estilo consagrado em todo o país na atual onda de manifestações.

Mas, no canto direito, é nítida uma faixa aparentemente de tecido – não cartaz – com o nome do governador, com letras impressas industrialmente e indiscutível característica de criação de um designer profissional (olhe as letras).

O que, mais uma vez, comprova a tese de que houve manipulação estranha aos objetivos e à naturalidade da manifestação, conforme o jornalista Euler Belém e o blog 24 Horas já registraram. O jornal O Popular publicou, na edição de comingo, entrevista com um manirfestante, que condenou a infiltração partidária no protesto e citou especiicamente a tentativa de forçar a barra contra o governador.

Quem quiser conferir a foto em tamanho gigante pode ir no site do G1 e conferir no link: fotos das manifestações em Goiás.

 

faixa marconi 2
Faixa no canto direito: feita para denegrir imagem do governador