Assessoria desmente Clécio sobre motivos do fechamento da Câmara. Jogo não é a causa

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Clécio Alves (PMDB), tentou omitir as razões da decisão de fechar o prédio do Legislativo ao meio-dia desta quarta-feira, e aos colegas chegou até a dizer que liberaria os funcionários para assistir o jogo da seleção brasileira de futebol.

Felizmente, a Casa tem uma assessoria de imprensa honesta, que desmentiu o chefe.

Pelo Twitter, assessores informaram que o real motivo da decisão é a previsão de novos protestos em frente à Câmara e o receio de que manifestantes provoquem danos ao patrimônio.