10 anos de Iris-Paulo Garcia e só agora, após protestos, é criado o conselho para o transporte coletivo

Aliás, nem foi criado, é só um anúncio: o prefeito Paulo Garcia vai mandar para a Câmara Municipal um projeto de lei criando o conselho consultivo do transporte coletivo, com o objetivo de incluir a participação popular nas decisões sobre a mobilidade urbana em Goiânia.

Na verdade, o conselho de Paulo Garcia, nos termos em que ele comunicou a notícia nesta quarta-feira, tem um forte cheiro de manipulação: farão parte membros de associações comunitárias (quem? quais? quem vai indicar, a Prefeitura?) e, vejam só, representantes da UNE.

A UNE não tem nada a ver com os interesses populares, em qualquer parte do Brasil. É uma entidade que não representa os estudantes e serve aos interesses da esquerda mais retrógrada do país. Na atual onda de protestos de rua, passou batida.

Um horror.

Mas, para Isso, Paulo Garcia (PT), herdeiro de Iris Rezende (PMDB), gastou, somados os dois, 10 anos para implantar o tal conselho consultivo.

Que, aposta o blog 24 Horas, vai ser uma embromação só.