Gafe gigante: vereadora “mata” Mandela, anuncia morte do líder e Câmara faz um minuto de silêncio

Durante a sessão desta quinta-feira da Câmara de Goiânia, a vereadora Célia Valadão cometeu o que talvez seja a gafe do ano (ou da década).

Numa sessão marcada pelos pedidos de um minuto de silêncio pelas mortes de Cunha Jr. e de Márcia Elizabeth, a peemedebista pediu a palavra para anunciar a morte de Nelson Mandela.

De imediato os vereadores fizeram fila para lamentar o falecimento do líder sul-africano.

E até um minuto de silêncio foi respeitado.

Célia “matou” Mandela, que ainda resiste firme num hospital da África do Sul.