“Estudante” que elogiou passe estudantil de Paulo Garcia é comissionado da Prefeitura e ganha mais de R$ 9 mil/mês

O “estudante” Deryck Santana, apresentado em release da Prefeitura de Goiânia como “dirigente” da União Nacional dos Estudantes, e que participou da reunião em que o prefeito Paulo Garcia (PT) anunciou a sua proposta de passe estudantil, é funcionário comissionado do Paço Municipal, onde ocupa o cargo DAS-4 e recebe por mês a bagatela de R$ 9.361,67. O nome dele está na lista de nomes, cargos e salários divulgada há um mês pela Prefeitura.

O release diz que Paulo Garcia reuniu “lideranças estudantis” no Paço para anunciar a sua proposta de passe livre. Publicado na íntegra pelo portal do jornal O Popular , o texto conclui informando que, “para o diretor da União Nacional dos Estudantes (UNE), Deryck Santana, que participou do encontro na Prefeitura, a proposta é uma vitória do movimento social. ‘O prefeito Paulo Garcia mostra que ouve realmente as vozes das ruas ao declarar que será adotado o passe livre estudantil em regime de urgência”, avaliou”.

São elogios rasgados, que causariam estranheza na boca de um dirigente estudantil de verdade e não de araque. Por isso, o blog 24 Horas desconfiou e foi conferir.

O release não menciona que Deryck é comissionado – com salário privilegiado – da Prefeitura. Resta saber se os demais “estudantes” presentes à reunião com Paulo Garcia também são figuras amestradas – com bons salários, como se vê no caso de Deryck.

Além de O Popular, que embarcou sem questionar na afirmação do release da Prefeitura de que a reunião de Paulo Garcia foi com “lideranças estudantis”, o Diário da Manhã e o O Hoje também caíram na mesma conversa da assessoria de imprensa do prefeito.

O blog 24 Horas, não.