“Chamado” de Iris, companheiros fritados… já dizia o velho Marx: a história se repete como farsa

O grande Karl Marx é autor da máxima que diz que a história se repete como farsa.

“Farsa” é o melhor nome para definir o que está acontecendo no PMDB. Pela enésima vez, a velha história do centralismo de Iris Rezende e a fritura de quem quer que ameace sua hegemonia se repete.

Já passaram pela frigideira de Iris Lúcia Vânia, Nion Albernaz, Sandro Mabel, Henrique Meirelles, Vanderlan Cardoso e, agora, Júnior Friboi.

Pela enésima vez, Iris também está resgatando aquele papo velho de chamado das ruas.

O glorioso Marx acertou em cheio.