À la Fidel, discurso de Iris em encontro do PMDB durou quase duas horas (ufa!) e foi a mesma ladainha de sempre

O ex-prefeito Iris Rezende reapareceu em encontro do PMDB, no sábado passado.

Mas continua o mesmo.

O discurso manteve o estilo a la Fidel. O velho cacique falou durante longas e intermináveis duas horas.

Como sempre, gastou a maior parte do tempo relembrando o passado “glorioso”, discorrendo sobre fatos históricos dos quais participou.

Ele fez no túnel do tempo e relatou, por exemplo, a eleição direta para governador em Goiás na ditadura militar, em 1982. Recordou também da polêmica envolvendo Henrique Meirelles em 2010.

Até mesmo a apaixonada militância de 250 pessoas presentes, segundo o jornal O Popular, não escondeu o cansaço com a cantilena do ex-prefeito.

Haja paciência!!!

 

LEIA MAIS:

Já vimos esse filme: Iris lembra do “chamado” que recebeu para disputar prefeitura em 2004

Iris desafia Friboi: “aquele que impressionar melhor o partido vai se sagrar candidato”