Fabiana Pulcineli: PMDB tem telhado de vidro, discurso arcaico e nenhuma proposta para Goiás

Em sua coluna desta segunda-feira, em O Popular, a repórter política faz uma avaliação devastadoramente negativa da reunião de sábado último do PMDB e das perspectivas do partido para a sucessão de 2014.

Fabiana registra que o partido continua se concentrando nos ataques ao governador Marconi Perillo, esquecendo-se de que tem telhado de vidro e que suas administrações sempre foram envolvidas por escândalos: “Gestões peemedebistas também foram alvos de denúncias, sofreram desgastes políticos, tiveram péssima relação com o funcionalismo, foram questionadas sobre as prioridades, foram criticadas pelo descompasso financeiro”, afirma a jornalista.

A falta de propostas para apresentar ao eleitorado é mencionada por Fabiana como o grande calcanhar de Aquiles do PMDB. Segundo o ela, o partido se recusa a “modernizar o discurso” e insiste numa linha de ataques que tem sido rejeitada pelos eleitores. Para exemplificar, Fabiana surpreendentemente cita a mensagem de uma leitora de O Popular, no Facebook, que acusa os peemedebistas de “mesquinharia” e de “bla-bla-blá” inútil.

 

LEIA MAIS:

Em ato de humildade e sensível ao protesto das ruas, Fabiana conclui artigo com citação de leitora