Leitor do POP publica lista dos 900 milhões de dólares que Dilma deu de graça a ditadores africanos

Uma carta publicada pelo jornal O Popular, nesta segunda-feira, traz a lista dos milhões e milhões de dólares que a presidente Dilma Rousseff deu de graça para algumas das ditaduras mais sanguinárias da África.

Veja o texto da carta na íntegra:

 

Dívida de países africanos

A presidente Dilma, na sua recente visita ao continente africano, perdoou dívidas que os países da região mantêm com o Brasil, na ordem de 900 milhões de dólares ou 694 milhões de euros, que na nossa moeda representam quase R$ 2 bilhões.

Assim descriminados em ordem: Congo (Brazzaville), com dívida de 352 milhões de dólares (R$ 775 milhões); Tanzânia, que deve ao Brasil 237 milhões de dólares (R$ 521 milhões); Zâmbia, cuja dívida é de 113 milhões de dólares (R$ 249 milhões); Costa do Marfim, Gabão, Guiné, Guiné-Bissau, Mauritânia, São Tomé e Príncipe, Senegal, Sudão, República Democrática do Congo, todos com débitos de 198 milhões de dólares (R$ 436 milhões).

Considerando que a nossa economia não vai bem, e que este dinheiro certamente nos fará falta, a população (legítimos credores) está à espera dos devidos esclarecimentos por parte da Presidência da República de quais motivos estratégicos levou a primeira mandatária a tomar tal decisão?

Orivaldo Jorge de Araújo 
Setor Bueno – Goiânia