Paulo Cezar Martins se defende de acusações e ataca Caiado: “traidor é ele”

Reportagem publicada no site do jornal Opção (www.jornalopcao.com.br)
Deputado federal Ronaldo Caiado (DEM)
Deputado federal Ronaldo Caiado (DEM)

Thiago Burigato

Paulo Cezar Martins (PMDB), outro deputado que retirou seu apoio às CPIs, também discursou na tarde de hoje. O peemedebista afirmou que havia assinado os documentos para apoiar colegas do partido, mas que não acredita que essas comissões cumpram seus papéis. “Já viram CPI em Goiás ou no Brasil dar certo? Quantas CPIs já foram arquivadas nessa Casa?”, questionou.

O deputado fez críticas a Ronaldo Caiado, que pelo Twiitter o chamou de traidor por ter retirado sua assinatura. “Ronaldo Caiado não dá conta de resolver os problemas na Casa dele e vem querer resolver os meus”, disse. “Não precisa dessa arrogância toda. Traidor é ele, que sempre falou mal do Marconi e ficou do lado dele.”

Segundo Paulo Cezar, Caiado traiu o estado e o povo de Goiás. “Eu tinha coragem de votar nele [para governador], agora não tenho mais.”

O deputado disse ainda que nunca manchou seu nome com “qualquer falcatrua” e questionou as reais motivações para a criação das CPIs. “Se quer fazer uma oposição respeitosa, um trabalho político para ganhar a eleição, eu estou pronto”, disse. “Não gosto e não participo de CPI dessa forma. Política a gente faz com austeridade e respeito”, finalizou.