PT dá o troco e pune Djalma Araújo, um dos maiores símbolos do partido em Goiás

O PT goianiense agora adotou a política do revanchismo e quem sofre na pele é um petista histórico, com grandes  serviços prestados ao partido – o vereador Djalma Araújo.

Ele está proibido de votar nas eleições do partido. O motivo foi o posicionamento de Djalma contra as alterações do Plano Diretor.

O vereador foi o único da base aliada de Paulo Garcia a peitar a prefeitura e o setor imobiliário na votação do projeto de lei na Câmara. Djalma não se calou e falou muito. Este foi o seu crime, na avaliação do PT.

Tuiteiro de mão cheia, o petista foi para o Twitter e desabafo. Veja os posts:

Recebi hoje punição do PT por defender os servidores da saúde e por ter sido contra a revisão do Plano Diretor.

Estou proibido de votar nas eleições do partido e sem direito a voz e expressão internamente.

Considero a decisão antidemocrática e que fere a postura e princípios do partido dos trabalhadores, que nasceu da luta das ruas.

Meus companheiros do PT: é proibido proibir.