Cadê a paladina da moral? Dona Iris pagou resort em Búzios com recursos da Câmara dos Deputados

Em janeiro de 2011, mês de recesso parlamentar, a deputada federal dona Iris Araújo (PMDB) usou recursos públicos para pagar uma estadia no resort Pérola Búzios Hotel, na cidade turística de Búzios, no Rio de Janeiro.

A deputada gosta de se apresentar como paladina da moral – ao usar dinheiro público para pagar um resort, confirma a tese de que atrás de todo paladino da moral geralmente se acha um farsante (vide caso recente na política brasileira).

Dona Iris fez um pagamento de R$ 1.645,95 ao resort e apresentou a nota à Câmara dos Deputados, que fez a ela o ressarcimento, através da verba indenizatória do gabinete da deputada.

É bom lembrar que a verba indenizatória destina-se a cobrir as despesas do exercício do mandato parlamentar, o que tem muito pouco a ver com um resort definido por um dos seus hóspedes, em uma página de avaliação na internet, como “aconchegante e romântico”.

O número do CNPJ – 06095165000170 , extraído da nota fiscal do resort Perola Búzios Hotel – aparece na prestação de contas da verba indenizatória de dona Iris e pode ser conferido pelos leitores do blog 24 Horas no site da Câmara dos Deputados, no link:

http://www.camara.gov.br/cota-parlamentar/cota-analitico?nuDeputadoId=1851&numMes=1&numAno=2011&numSubCota=14

 

LEIA MAIS:

Cobra moral dos outros, mas não dá exemplo: nome de dona Iris em Maternidade é ilegal, mas ela não tá nem aí