Uso de verba indenizatória para pagar estadia em resort “romântico” configura desvio

A verba indenizatória da Câmara dos Deputados é paga mensalmente aos parlamentares federais, mediante comprovação de notas fiscais, para ressarcir as despesas com o exercício do mandato eletivo.

Em janeiro de 2011, mês de recesso parlamentar, a deputada federal dona Iris Araújo usou a verba para pagar uma estadia em um resort “romântico” em Búzios, no Rio de Janeiro – o Pérola Búzios Hotel.

A informação está no site da Câmara Federal e consta da prestação de contas da própria deputada dona Iris, que apresentou a nota fiscal do resort no valor de R$ 1.645,95 e recebeu o valor – dinheiro público.

Não há como relacionar o pagamento de um resort destinado a casais em lua de mel, no litoral do Rio de janeiro, com “exercício do mandato parlamentar”.

Foi desvio mesmo.

 

LEIA MAIS:

Farra da verba indenizatória: até sorvetes dona Iris pagou com dinheiro público

Túlio Isac: dona Iris vai ter de explicar pagamento de resort “romântico” em Búzios com dinheiro do povo

Cadê a paladina da moral? Dona Iris pagou resort em Búzios com recursos da Câmara dos Deputados