Caminhada pede Justiça e lembra um ano da morte de Valério Luiz

Uma caminha está sendo realizada na manhã desta sexta-feira para pedir Justiça no caso do assassinato do cronista esportivo Valério Luiz.

Ele foi assassinado em 5 de julho do ano passado quando saía da rádio onde trabalhava, em Goiânia.

A Polícia Civil afirmou no inquérito que o mandante do crime é o cartorário Maurício Sampaio.

Ele está solto desde maio deste ano.

Familiares e amigos participam da caminhada vestido com uma camisa que tem a imagem do rosto de Valério.