Alô, Iris: Bruno Peixoto diz que eleição em Nazário mostra que eleitor quer políticos novos

O ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) que se cuide: o dinheiro é capaz de converter qualquer um. O antigo aliado pode apunhalá-lo pelas costas em troca de qualquer punhado de moedas.

Hoje, na rádio 730, o deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB) comentou a eleição do empresário Adalcino da Silva (DEM) para prefeito de Nazário, no último domingo, e disse que o comportamento do eleitor de Nazário servirá de espelho (isso mesmo, ele disse essa asneira) para o resto do Estado: “Adalcino era um empresário que nunca havia mexido com política. Atentem para o perfil que o eleitor deseja”.

Análises políticas mequetrefes à parte, chama atenção o sinal de que o deputado pode trair Iris a qualquer momento.

Nas entrelinhas, o que Bruno quis dizer é que Júnior Friboi representará melhor o PMDB na eleição para governador que Iris Rezende – que deu a ele a chance de ser quem é hoje.

Bruno só virou vereador porque o seu pai, Sebastião Peixoto, é compadre de Iris. Depois, ganhou apoio para virar deputado. Flerta sem pudor com o governo Marconi Perillo e agora ameaça apoiar Friboi em detrimento do padrinho.

Ate tu, Brutus…?