Fim do Citybus: Paulo Garcia suspende único serviço ainda decente da prefeitura

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), suspendeu o único serviço ainda decente oferecido à população: o Citybus.

A tarifa do Citybus custava R$ 3 e atendia passageiros dispostos a pagar um pouco mais para não andar em ônibus velhos, caindo aos pedaços. A decisão do prefeito vai tirar de circulação 30 veículos, que se revezam em sete linhas e atendem a população de segunda a sábado, exceto feriados.

A medida faz parte um pacote que prefeito e empresários preparam para amenizar o impacto do fim do reajuste da passagem – que subiria de R$ 2,70 para R$ 3, mas não subiu por conta dos protestos de rua.