Dilma tenta conquistar jovens com rede social chapa branca na internet

Veja reportagem a respeito publicada pela Folha de S. Paulo, deste domingo:

Dilma tenta conquistar jovens com rede social ‘chapa branca’

DE SÃO PAULO

Dezoito dias depois de a presidente Dilma Rousseff ter anunciado a criação de uma rede social como resposta às manifestações que tomaram o país em junho, o governo federal lançará nesta terça o Observatório Participativo da Juventude.

O site, criado para receber as demandas dos jovens, entraria no ar na segunda-feira passada, mas teve sua estreia adiada para que Dilma e o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) pudessem participar do ato inaugural.

Apesar de ter sido anunciado na esteira dos protestos, o projeto estava em gestação desde 2011. “A gente não está propondo [o observatório] em função das mobilizações. Já estamos produzindo há dois anos e a previsão [de lançamento] era para a metade deste ano”, disse a secretária nacional de Juventude, Severine Carmem Macedo.

O site terá um banco de dados sobre assuntos como mobilidade, educação, sexualidade e saúde e permitirá que os usuários criem um perfil para publicar textos e debater com outros visitantes.

“Será um espaço para fazer consultas públicas e abrir um diálogo com jovens que não estão em nenhuma organização institucionalizada e não têm condição de estar presentes numa reunião de duas horas com a presidenta”, afirmou a secretária.

Não que a própria Severine tenha audiências frequentes com Dilma. Desde que assumiu o órgão, vinculado à Secretaria-Geral, em abril de 2011, ela contou apenas sete encontros com a mandatária, os dois últimos em reuniões marcadas após as manifestações. (DIÓGENES CAMPANHA)