Maguito abre fogo contra Iris. “PMDB precisa de nomes novos”, defende ele

Normalmente conciliador e prudente em suas declarações, o prefeito Maguito Vilela deixou de lado nesta terça-feira a moderação para mandar um duro recado numa indireta ao ex-prefeito Iris Rezende.

“O PMDB precisa escutar as ruas e apresentar nomes novos”, trombeteou em nota na coluna Giro, de O Popular.

O peemedebista não cita o nome de Iris, mas não há dúvidas de que o tiro de canhão foi destinado ao terno candidato do partido ao governo.

“Não podemos ir contra as pesquisas”, ensina.

Não é a primeira vez que um integrante do PMDB defende a tese, mas até agora nenhum com o peso do prefeito havia falado de forma tão explícita.

Maguito é um dos “velhos” do PMDB. Está na política desde 1974. Já foi vereador, deputado estadual, deputado federal, governador, senador e agora á prefeito de Aparecida de Goiânia.

De lá para cá, ficou apenas dois anos sem mandato.

Veja a nota:

 

Maguito: “PMDB precisa escutar as ruas e apresentar nomes novos”

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, defende que, após ter perdido quatro eleições consecutivas em Goiás, o PMDB precisa “atender ao clamor das ruas e apresentar nomes novos”. “Está claro que a população quer gente nova, coisas diferentes. Então, temos de atender. Não dá para ir contra a vontade popular. Não podemos ir contra as pesquisas”, diz o peemedebista, citando a pesquisa Serpes/O POPULAR. Segundo o levantamento, 76,3% dos eleitores querem nomes novos e consideram que os nomes colocados na disputa pelo governo são ultrapassados. Para Maguito, o alto porcentual reflete a falta de tato da classe política. “Hoje os políticos só ficam brigando e não propõem nada. Essa autofagia vai destruindo toda a classe”, afirma. Vale lembrar que na mesma pesquisa o ex-governador Iris Rezende aparece à frente do governador Marconi Perillo (PSDB) em duas simulações e que recentemente peemedebistas têm elevado o tom das críticas contra o tucano.