Kassab ignora PT e avisa: PSD vai apoiar Marconi para governador em 2014

Reportagem publicada no site Goiás 247 (www.goias247.com.br)

O encontro regional do PSD na cidade de Rio Verde neste sábado, que teve a presença do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab; reforçou a união da legenda com o PSDB de Marconi Perillo para o pleito de 2014.

O PSD aproveitou o encontro para anunciar apoio total à candidatura de Perillo ao governo do Estado. O tucano adotou postura discreta, evitou falar de sua reeleição e devolveu a gentileza. Disse que se for apoiar uma única candidatura em 2014 será de Vilmar Rocha ao Senado.

“Independente de meu projeto político para 2014, uma coisa é certa: Vilmar será o candidato ao Senado”, disse o governador em seu discurso. “Vou me empenhar pessoalmente para eleger o Vilmar. Se eu tiver que trabalhar em apenas uma candidatura em 2014 será a do Vilmar para o Senado”.

O PSD de Kassab vive o dilema das alianças diferentes. Nacionalmente, o partido é aliado de Dilma Rousseff (PT) e certamente estará com a presidente no pleito de 2014. Em Goiás, o partido é da base de Perillo e tem, como principais líderes, os deputados federais Armando Vergílio, Heuler Cruvinel, Vilmar Rocha e Thiago Peixoto (os dois últimos licenciados).

O ENCONTRO
As principais lideranças do PSD-GO avaliam o momento do partido e já começam a discutir questões relativas às eleições em 2014. O evento em Rio Verde serviu também para ampliar o número de filiações e estimular candidaturas a deputado estadual e federal.

O deputado federal Heuler Cruvinel lembra que o PSD é um partido que tem a sua musculatura definida dentro do Congresso Nacional, com 51 parlamentares, formando a terceira maior bancada. E agora começa a atrair novos filiados para os seus quadros. “Este é o nosso interesse neste momento, quando nós iremos realizar já neste ano de 2013 mais de 30 encontros pelo estado de Goiás. Queremos divulgar ainda mais o PSD para toda a população”, afirma Heuler Cruvinel.

Segundo o presidente do PSD de Goiás, deputado federal licenciado Vilmar Rocha, a realização do encontro tem três principais objetivos. “Primeiro, mobilizar a nossa base, para manter a coesão e unidade do partido. Dois: aumentar as filiações. Terceiro, identificar, estimular e filiar prováveis candidatos a deputado estadual e federal”.

Vilmar também explicou a escolha de Rio Verde para iniciar a série de encontros que vão acontecer até setembro. “É a maior da base do PSD, a quarta cidade do Estado. Temos o prefeito e um deputado federal na cidade. É a grande capital da rica e próspera região Sudoeste. O nosso partido tem que ser forte aqui em Rio Verde também”, afirmou.