Derrota de Otavinho Lage e André Rocha: deputados aprovam redução de incentivos às usinas de álcool

Projeto de lei de autoria do relator da CPI dos Incentivos Fiscais, deputado Humberto Aidar, que promove cortes nos benefícios fiscais usufruídos pelas usinas de álcool,  foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Com a redução dos incentivos de ICMS de 29% para 23%, e a redução do crédito outorgado, que atualmente é de 60%, para 50% em 2020, 55% 2021 e 60% em 2022, o governo estadual terá acréscimo de arrecadação de R$ 80 milhões.

O projeto de lei de Aidar também prevê que, para receber os incentivos, as usinas terão fazer contrapartidas ao estado.

Apesar do acordo mediado pelo governo, o projeto de lei de Aidar é uma grande derrota para o presidente da Adial Goiás, Otavinho Lage, e do presidente do Sifaeg, André Rocha.