Vilmar antecipa derrota em entrevista: “Não temos projeto novo para apresentar a Goiás”

Em entrevista ao jornal O Popular, edição deste domingo, o deputado federal (PSD) e secretário da Casa Civil, Vilmar Rocha, fez o que nenhuma voz oposicionista conseguiu até agora: formulou o mais demolidor ataque ao Governo Marconi Perillo e ainda deixou claro que, para as próximas eleições, a coligação liderada pelo PSDB não tem projeto para apresentar à sociedade.

Para Vilmar, o fato de Marconi estar cumprindo o terceiro mandato é uma “desvantagem” do ponto de vista eleitoral. Ele acha que “o Governo não vai bem na área social” e admite que “temos de melhorar muito”. Outra crítica é a opção preferencial por obras, quando a prioridade deveria ser justamente o atendimento ao social.

As alianças que Marconi celebrou em 2010 e que o levaram à vitória, segundo Vilmar Rocha, foram exageradas: “Para vencer, ele teve que ceder, fazer concessões e não é fácil administrar isso”, fuzilou.

Mas o pior vem agora – e já repercutindo negativamente nos bastidores do Governo: para as eleições do ano que vem, o secretário da Casa Civil disse que o governador Marconi Perillo “não tem projeto novo para apresentar para a sociedade”. Em outra frase polêmica, Vilmar reconheceu: “Nós temos dificuldade de construir e anunciar um discurso para o futuro”.

O deputado-secretário ainda disparou críticas contra a Assembléia, informando que o relacionamento entre o Governo e os deputados da base é feito “na base do toma-lá-dá-cá” e que isso preciso mudar porque não é um comportamento “saudável”.