Escritor prepara nova edição do livro Ouro Negro, que conta a história do desvio de R$ 10 milhões em Catalão

Diante da repercussão do livro sobre a Operação Ouro Negro, que voltou a causar polêmica após manifestação contra o ex-prefeito Adib Elias no encontro regional do PMDB em Catalão, o escritor e jornalista investigativo Cristiano Silva decidiu rodar nova edição da obra, revista e ampliada com documentos inéditos.

Cristiano Silva conta que a decisão foi tomada depois de receber neste final de semana inúmeros telefonemas de pessoas querendo ter acesso ao livro, que se encontra na quinta edição e cuja tiragem está esgotada.

A obra relata a história do escândalo que abalou a cidade de Catalão em 2007, quando o Ministério Público Estadual deflagrou a Operação Ouro Negro para investigar o desvio de mais de R$ 10 milhões dos cofres municipais.

O prefeito de Catalão à época era o peemedebista Adib Elias e dois dos seus principais secretários – Nelson Fayad (Administração) e Lázaro José (Fazenda) – saíram presos e algemados da sede da prefeitura acusados de fraudar licitações de pavimentação asfáltica.

O empresário Marcius Sallum, conhecido como Márcio Cabeção, dono da empresa Tecnel, que prestava serviços ã Prefeitura de Catalão, também foi recolhido ao presídio da cidade.

O livro de Cristiano Silva foi escrito com base no inquérito instaurado pelo Ministério Público Estadual que colecionou centenas de documentos e mais de 1.700 horas de gravações telefônicas autorizadas pela Justiça.

 

LEIA MAIS:

Vídeo do barraco no encontro regional do PMDB em Catalão já alcança 2.500 acessos no Youtube

Exclusivo: vídeo mostra invasão de encontro do PMDB por manifestante, que é espancado por peemedebistas

Homem que tomou livro de manifestante (por trás) é “jornalista” de araque em Catalão

Veja no vídeo: Adib perde o prumo e fala frases incompreensíveis ao ver a capa do livro Ouro Negro

Veja a cara do manifestante (esse tem coragem!) que invadiu encontro do PMDB em Catalão e foi espancado