Filemon cumpre o papel de pit bull e reage à entrevista de José Eliton que detona Iris

Ex-assessor de Iris Rezende e da deputada Iris Araújo, o jornalista-militante Filemon Pereira não esconde mais o papel de pit bull do casal peemedebista nas redes sociais e na imprensa.

Ao estilo Iris-é-meu-amigo-mexeu-com-ele-mexeu-comigo, Filemon parte para a briga com quer que seja sempre que o velho cacique ou sua mulher são criticados.

Para o diretor de Redação da Tribuna do Planalto, nas horas vagas em que não está trabalhando para o PMDB irista, Iris é um Deus, que não pode ser questionado ou criticado.

Filemon acredita piamente em tudo que o peemedebista diz e se derrama em elogios à qualquer entrevista, discurso ou declaração do velho cacique. É Deus no céu e Iris na terra. Nem o Papa Francisco consegue ser melhor.

A última dele no Twitter é classificar a entrevista do vice-governador José Eliton de “malcriada”, confirmado a devoção que tem por Iris.

É proibido contestar o peemedebista, para Filemon.

Em tempo: na entrevista, José Eliton detona o ex-prefeito, traçando o perfil de Iris como “um político arrogante, messiânico e típico de coronéis”.

Segundo ele, Iris se finge desconhecer a forma “retrógada e ultrapassada com que governou Goiás”.

Sem argumentos, Filemon inventou essa de entrevista “malcriada”, como se o “deus” Iris fosse um ser soberano que não pode ser tocado.

Que paixão, hein, Filemon?

Veja o post:

 

Filemon Pereira @filemonpereira

Governistas mais uma vez reagem ao discurso de Iris. Dessa vez com nota oficial do PSDB e entrevista malcriada do Zé Eliton no DM.

 

LEIA MAIS:

De José Eliton para Iris: “Goiás já deu um basta no coronelismo do PMDB”