Paulo Garcia vai ao Panamá sem explicar motivos reais da viagem paga pelo contribuinte

Pedido para Paulo Garcia ir ao Panamá nesta semana está na Câmara de Goiânia. Prefeito ainda não explicou os motivos da viagem. Assessoria da Prefeitura diz que Paulo Garcia não levará nenhum projeto.

A viagem ocorre em meio a problemas com a obra de implantação do Programa Macambira-Anicuns. O prefeito Paulo Garcia (PT) tem viagem marcada para o Panamá, onde participará, de 14 a 20 de março, da reunião anual das Assembleias de Governadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Corporação Interamericana de Investimentos.

A Prefeitura, que tem financiamento do banco para a implantação do Parque Ambiental, enfrenta problemas com a obra, que está parada há mais de dois meses, por causa de desentendimento com a empreiteira responsável pela obra.

De acordo com a Prefeitura, a EMSA – Empresa Sul Americana de Montagens S.A., responsável pela construção do parque Macambira-Anicuns, alega que o repasse de dinheiro é insuficiente para a continuidade dos trabalhos.

O trecho paralisado corresponde a pouco mais de 2, 8 quilômetros de um total de 26,5 quilômetros do Macambira-Anicuns. A estimativa é de que sejam beneficiadas cerca de 350 mil pessoas, em 131 bairros com obras de infraestrutura urbana e social. O conjunto da obra está orçada em cerca de 212 milhões, com conclusão prevista para cinco anos. (Com informações do jornal O Hoje)