Cachoeira revela que pai de Humberto Teófilo pediu a ele dinheiro para a campanha de deputado do filho

No artigo em que responde o deputado Humberto Teófilo sobre o shopping no Daia, publicado com exclusividade pelo Goiás24Horas, o empresário Carlos Cachoeira nãoalisou e fez um relato duro sobre a vida pregressa de Amarildo Pereira, pai do parlamentar e ex-vereador em Goiânia.

Cachoeira disse que a lista de crimes cometidos por Amarildo é longa. “Vai desde o desvio de R$ 7 milhões do INSS, até rolos mequetrefes na antiga Comob – Companhia de Obras do Município – quando precisou devolver R$ 57 mil à autarquia.”

Depois de falar sobre o pai do deputado,que ele classifica como quadrilheiro e tomador de dinhieor público, o empresário fez uma revelação ao mesmo tempo surpreendente e comprometedora para Humberto Teófilo, que faz pose de moralista na Assembleia.
“Com esforço, recordei que já fui procurado por este tomador de dinheiro público, que visitou meu escritório atrás de dinheiro para a campanha do filho”, disse Cachoeira.