Prefeito Misael não tem dinheiro para Passe Livre, mas vai pagar show de Leonardo

A prefeitura de Itaquaquecetuba, no interior de São Paulo, gastou R$ 143 mil para contratar o show do cantor sertanejo Leonardo no final de 2012. É este o valor aproximado do cachê que o prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira (PDT), vai pagar para promover a mesma cantoria no município, no dia 11 de agosto, às 20 horas.

O panfleto promocional diz que a apresentação “é um presente da prefeitura de Senador Canedo e Câmara dos Vereadores a você que ajuda a construir a nossa cidade”.

Há poucos dias, Misael disse em entrevista ao jornal O Popular que o município não tinha dinheiro para custear a implantação do Passe Livre Estudantil – reivindicação que impulsionou os protestos populares de junho em todo o País.

Como dizia Margareth Tatcher, governar é eleger prioridades.