Mais um presente de Paulo Garcia para o goianiense: IPTU e ITU vão subir em 2014

O eleitor goianiense que já está decepcionado por ter colocado a cidade nas mãos de Paulo Garcia vai ter mais um motivo para aumentar sua raiva e decepção.

O IPTU e o ITU vão aumentar em 2014.

Nesta sexta-feira, a coluna Giro, de O Popular, informa que “a Prefeitura enviou nesta semana para a Câmara de Goiânia o projeto de lei que, se aprovado, mudará a forma da cobrança do IPTU no próximo ano. Em vez de aplicar diferentes alíquotas por zonas fiscais, o imposto será cobrado de forma progressiva sobre o valor dos imóveis. Quanto mais valorizado for o imóvel, maior será o IPTU a ser pago pelo contribuinte, independentemente da sua localização (zona fiscal). As alíquotas passam a variar em até dez faixas (hoje são quatro), de 0,002 para imóveis residenciais de até R$ 25 mil a 0,007 para aqueles que superam R$ 1 milhão. Imóveis vagos ou não edificados terão faixas maiores, de 0,01 até 0,04. A Prefeitura informa ainda que poderá enviar também para a Câmara, até o fim do ano, o projeto para a atualização da Planta de Valores de Goiânia, que define quanto vale cada imóvel na capital. É o que pode gerar considerável aumento do IPTU aos contribuintes