Suspeitos de matar Eduardo Jordão são detidos pela Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, na quinta-feira (7), um homem de 35 anos e apreendeu um adolescente, de 17, suspeitos de matar o jornalista Eduardo Ramos Jordão, de 77 anos. O crime aconteceu na noite do dia 28 de dezembro, na chácara onde a vítima morava, em Abadia de Goiás.
Segundo o delegado Arthur Fleury, que conduz as investigações, a polícia trabalha com a hipótese do crime de latrocínio, uma vez que o jornalista foi morto de forma violenta e teve o veículo subtraído. Dois dias depois da morte de Eduardo Jordão, no dia 30 de dezembro a polícia localizou o carro da vítima, um VW Gol, abandonado no Jardim Itaipu.
O homem investigado foi alvo de mandado de prisão temporária cumprido em Aparecida de Goiânia. Já o menor infrator foi apreendido em Abadia de Goiás.