Enel segue aprontando: 10 mil frangos morrem em granja de Pires do Rio por falta de energia elétrica

Em Pires do Rio, cidade do sudeste goiano, cerca de 10 mil aves morreram por falta de energia elétrica. O dono da granja afirmou que ficou mais de 30 horas sem energia elétrica. A Enel sequer deu satisfação ao produtor. O prejuízo do empresário com a morte das aves foi superior a R$ 150 mil. Os animais são sensíveis e, quanto mais tempo a granja fica sem energia, elas vão morrendo. Mesmo tendo gerador na propriedade, não foi possível impedir a grande mortes de aves, pois o equipamento não foi suficiente para suprir o longo período de interrupção de energia elétrica.

“Uma mortalidade altíssima e a gente fica aqui sem saber o que fazer. O gerador não deu conta de sustentar tanta carga de trabalho. O que aconteceu? Ficou a parte da noite sem assistência da energia e sem a Enel ao menos responder. A falta de respeito é tão grande, pois ela ao menos deveria responder, avisando que não daria para arrumar, ou seja, ter feito qualquer coisa nesse sentido”, desabafou o produtor rural e proprietário da granja, Cirilo de Almeida.