Presidente da Fieg anuncia compra de ultrafreezer para armazenar vacinas contra a Covid

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, anunciaa compra de dois ultrafreezers capazes de armazenar 125 mil doses de vacinas contra a covid-19 a temperaturas inferiores a 86°C. Por meio do Sesi, a Fieg também se prepara para imunizar trabalhadores da indústria, seus dependentes e a comunidade, caso a vacinação seja liberada para outras instituições, além do governo.

Os equipamentos podem armazenar imunizantes como o da Moderna, com 94,1% de eficácia, e da vacina da Pfizer, produzida em parceria com a BioNTech, que tem 95% de eficácia. Segundo o presidente da Fieg, o Sesi está preparado para a vacinação e se coloca à disposição para auxiliar o Estado e municípios em todo o processo. “Nossas equipes são treinadas e capacitadas para realizar a vacinação, assim que as doses sejam liberadas e autorizadas”, diz.

O Setor industrial está preparado para comprar doses de vacina contra a Covid-19 para seus trabalhadores, principalmente os mais jovens, que não terão prioridade no plano de vacinação do Governo Federal. Isso será feito através do Sesi, que já tem orçamento para a compra de uma grande quantidade de vacinas – hoje o setor industrial brasileiro emprega cerca de 10 milhões de trabalhadores -, mas, dependerá da disponibilidade do produto no mercado.

REFERÊNCIA

Há 11 anos,  o Sesi é referência em campanhas de vacinação em todo o País. Só em Goiás, cerca de 70 mil pessoas são imunizadas anualmente contra a Gripe H1N1. A iniciativa complementa a campanha realizada anualmente pelo governo federal, que imuniza grupos de maior risco, como crianças, gestantes, profissionais de saúde, idosos e doentes crônicos. Para as empresas, a adesão é uma forma de investir na promoção da saúde dos colaboradores e de garantir um ambiente de trabalho saudável e produtivo.