Baiocchi defende avaliação quinzenal de medidas restritivas para comércio

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, defendeu nesta segunda-feira (25/1) a avaliação quinzenal das novas medidas restritivas de funcionamento de bares e restaurantes apresentadas pelo governador Ronaldo Caiado para o controle da pandemia. A proposta foi exposta durante a reunião virtual de definição das medidas com secretários estaduais, prefeitos, representantes de municípios e autoridades de saúde promovida pelo governador.

Na reunião, Caiado propôs a suspensão, a partir das 22 horas, da venda de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes e estabelecimentos similares de todo o Estado. “Nós defendemos junto ao governador que essa medida seja analisada conforme os números forem decrescendo, pelo menos a cada 15 dias”, disse o presidente da Fecomércio-GO. Marcelo Baiocchi disse que o novo avanço da pandemia preocupa e que o setor produtivo segue empenhado no cumprimento de todos os protocolos sanitários.