Maioria dos prefeitos concorda e Caiado vai anunciar decreto da Lei Seca para segurar avanço da covid

Matéria do Mais Goiás:

A maioria dos prefeitos que participou do encontro para debater o agravamento da pandemia da Covid-19 com o governador Ronaldo Caiado (DEM) concordou com a sugestão do governo do Estado de decretar lei seca em bares, restaurantes e similares de Goiás, a partir das 22h. Encontro virtual realizado na tarde de segunda-feira (25) com o chefe do Executivo Estadual reuniu 141 prefeitos. Deste número, 125 foram favoráveis à proposta.

Na reunião, o governador lembrou, entretanto, que cabe aos prefeitos – e não a ele – assinar decretos com este teor. “Quem dá alvará de funcionamento são as prefeituras”, disse Caiado. “O que for deliberado pela maioria é o que vou acolher.”

Acordaram as prefeituras das seguintes cidades: Formosa, Goiânia, Aparecida, Luziânia, Anápolis, Santa Helena de Goiás, São Luiz dos Montes Belos, Porangatu, Itumbiara, Minaçu, Abadiânia e outras. Durante a reunião, foi feita uma enquete com os gestores que, dentre outras coisas, pediram suporte da Polícia Militar (PM) na fiscalização.

“Não tenho a presença física 24h nas 246 cidades da PM. Mas vou determinar ao meu secretário de Segurança Pública e ajuda ao Ministério Público (MP-GO) para realizar a fiscalização”, se comprometeu o gestor estadual.