Goiânia: trabalhadores de três Centros de Saúde da Família começaram a ser vacinados

Foi iniciada nesta terça-feira (26/1) a vacinação dos trabalhadores de saúde da Atenção Primária em Goiânia com as doses do laboratório AstraZeneca em parceria com a Fiocruz. No período da manhã, a Secretaria de Saúde (SMS) iniciou as ações no Centro de Saúde da Família Ville de France (CSF), onde foram vacinadas 31 pessoas, já no CSF da Vila Redenção serão aplicadas 30 doses. No CSF Parque Amazônia a ação segue até o encerramento das atividades na unidade às 19h, onde 140 pessoas receberão o imunobiológico.

“Nós da Estratégia de Saúde da Família, da Atenção Primária. trabalhamos de frente com casos suspeitos e confirmados da Covid-19, então é um alívio, uma sensação de gratidão receber essa vacina”, comenta a enfermeira Thais Noleto de Carvalho, que trabalha desde 1998 na Estratégia de Saúde da Família e há 3 anos no CSF Ville de France. Ela foi a primeira a receber a dose da vacina AstraZeneca na manhã desta terça-feira (26/1).

A diretora de Vigilância Epidemiológica Grécia Carolina Pessoni acompanhou a vacinação no CSF Ville de France. “Com as 22 mil doses da vacina Oxford/ AstraZeneca que recebemos nesta segunda-feira (25/1), iremos vacinar também todos os trabalhadores da Atenção Primária. Equipe clínica, de enfermagem, pessoal administrativo, equipe da limpeza, todos que compõem o serviço das unidades”, afirma Grécia.

Para os critérios de vacinação, a SMS segue as prioridades citadas nos anexos I e III do Informe Técnico do Ministério da Saúde onde está prevista a vacinação exclusiva para todos os trabalhadores de instituições de saúde e não somente os que estão na linha de frente do combate à Covid-19. Sendo eles de hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergências (Siate), Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Consultórios/ Laboratórios.

Dentro dos grupos prioritários estão os trabalhadores das 81 unidades da Atenção Primária de Goiânia. São aproximadamente 5 mil profissionais que atuam nas 59 Unidades de Saúde da Família (USF) e nos 22 Centros de Saúde da Família (CSF).