Cezar Santos, do Jornal Opção, prevê novo embate entre Marconi Perillo e Iris Rezende em 2014

Veja texto do jornalista Cezar Santos, publicado no Jornal Opção:

 

Marconi Perillo x Iris Rezende. De novo.

Os dois maiores líderes políticos do Estado podem travar o terceiro embate direto na disputa pelo governo estadual, mas situação e oposição têm nomes alternativos

Cezar Santos

A segunda reprise de um filme já visto pelo eleitorado goiano é que se prenuncia para 2014. Se a batalha entre Marconi Perillo (PSDB) e Iris Rezende (PMDB), na verdade, ainda não está sendo francamente travada, as movimentações de bastidores por parte dos respectivos aliados não deixam dúvida. Os dois, por enquanto, jogam um jogo de negaceios, mas é possível perceber que as coisas caminham para um novo embate direto.

Para refrescar a memória do leitor, o primeiro confronto direto entre Marconi e Iris pelo governo estadual foi em 1998, com a vitória do jovem tucano contra o até então considerado imbatível Iris Rezende, dono de um currículo recheadíssimo, com passagem por ministérios de José Sarney e Fernando Henrique Cardoso, Senado, governo, prefeitura, etc. Em 2010 o confronto se repetiu. Nova vitória de Marconi, que disputou contra uma conjugação de forças que incluiu a Prefeitura de Goiânia, o governo do Estado sob Alcides Rodrigues (PP) e o governo federal petista.

Pelo andar da carruagem, o confronto será travado pela terceira vez em 2014. Curioso nessa história é que até ser percebe uma disposição de Marconi em não disputar. Aliás, foi mais longe, chegou a dizer que ele e Iris não deveriam disputar. Mas já externou também que se Iris for candidato, ele também será. Sob esse aspecto, então, estaria nas mãos de Iris evitar a disputa pessoal e direta entre eles, dando lugar a novos nomes. Mas em política, o político nem sempre faz o que quer. Diz-se, até, que muitas vezes o político faz o que não quer, por ser convencido pelos correligionários de que é a melhor opção para a vitória de seu grupo. Iris não é homem de fugir da luta.